Regulamento ABC2017 Open Race

 

1 – DEFINIÇÃO
O ALGARVE BIKE CHALLENGE 2017 Open Race é uma prova de aventura em btt aberta à participação de qualquer pessoa com mais de 18 anos de idade (à data do início do evento), de qualquer sexo, ou nacionalidade. Disputada por um prólogo e duas etapas num percurso que percorre o litoral, barrocal e o interior, a serra algarvia.
Os concorrentes que nela competem em equipas de 2 elementos, têm um percurso obrigatório a cumprir sem utilizar ou ser ajudado por qualquer meio motorizado de locomoção.
O ABC é composto por um prólogo nocturno e 2 etapas com a extensão total de cerca de 165km que começa no dia 03 de Março de 2017 e termina no dia 05 de Março de 2017 na cidade de Tavira.
A Organização desta prova cabe à Associação Clube BTT Conceição de Faro que é responsável pela concepção, desenho, promoção e organização da prova. Em 2017 a Região de Turismo do Algarve será Coorganizador deste evento.

Integrado neste evento irá decorrer também o Algarve Bike Challenge 2016 UCI, prova de categoria XCS S1 da UCI. Para os atletas que nela se inscrevem aplica-se o regulamento especifíco da prova e o regulamento UCI para esta competição.

2 – INSCRIÇÕES
As inscrições no ALGARVE BIKE CHALLENGE 2017 estão limitadas a 1000 atletas.
As inscrições serão faseadas, sendo que a 1ª fase abrirá em Agosto de 2016 com a colocação online no site oficial da prova do respectivo formulário de inscrição, e termina no momento em que se confirmem as primeiras 150 equipas validadas. A 2ª fase de inscrições irá abrir às 00:00 do dia 1 de Outubro de 2016 e terminará assim que confirmadas as primeiras 300 equipas validadas no conjunto das 2 fases. A 3ª e última fase de inscrições irá abrir a 1 de Novembro de 2016 e terminará a 31 de Dezembro de 2016 ou assim que confirmadas as 400 equipas validas.

Após a inscrição os participantes têm um prazo de 3 dias para regularizar o pagamento total da inscrição. 

Existem 2 tipos de inscrição para o Algarve Bike Challenge:​

–Inscrição ABC Premium Package que inclui participação na prova, abastecimentos, bebidas de recuperação no final da etapa, jersey e saco exclusivos ABC, alojamento entre 03 e 05 de Março 2017 com pequeno almoço incluído e jantar buffet no dia 04/03 no Vila Galé Albacora ou Vila Galé Tavira ou Cabanas Park Resort. Este package terá o valor de €195  por participante na 1ª fase de inscrições, €230 por participante na 2ª fase e €260 na 3ª fase de inscrições.

-Inscrição ABC Light Package que inclui participação na prova, abastecimentos, bebidas de recuperação no final da etapa, jersey exclusiva ABC, saco desportivo ABC e acesso ao Vila Galé Albacora (não incluí alojamento, pequeno-almoço e jantar buffet). €120 por participante  na primeira  fase de inscrições e 160€ na segunda fase de inscrições.

Não serão aceites inscrições fora do período acima descrito.

É possível a alteração de dados numa equipa posteriormente ao acto de inscrição, todavia só é possível até à data limite das inscrições, e mediante o pagamento de uma taxa adicional de 20€. A alteração de nome da equipa poderá ser efetuada gratuitamente e diretamente no site oficial da prova por um dos participantes da equipa.

Uma inscrição apenas será considerada confirmada depois de validada pela entidade organizadora, a qual reserva o direito de poder recusar qualquer inscrição. No caso de uma inscrição ser rejeitada, a organização obriga-se a informar  a equipa em causa no prazo de 1 semana, reembolsando a 100% o pagamento entretanto efectuado por essa equipa. Esta decisão é irrevogável e não carece de qualquer justificação por parte da entidade organizadora.

3 – PARTICIPAÇÃO
No ALGARVE BIKE CHALLENGE Open Race irão existir 7 categorias em prova definidas pela idade e sexo dos participantes.

Para cada categoria existirá uma jersey de líder.

Imateriais
Ter completado (pelo menos) 18 anos de idade, aquando do inicio da prova.
Sobre o participante recai a responsabilidade da forma física e condições de saúde do próprio. Deverá ter a consciência e o conhecimento de que trata de uma prova de endurance para as quais são necessárias boas condições de saúde e de forma física bem como uma preparação adequada para o esforço físico exigido implicitamente.
Não é permitida a participação de pessoas suspensas por utilização de substâncias ilegais.

Materiais

Bicicleta – Para a participação nesta prova é necessário possuir uma bicicleta de montanha (sem qualquer tipo de motorização).
Capacete – É obrigatório o uso de capacete compatível com a actividade exercida sempre que o concorrente se desloque doutra forma que não seja a pé. A não observância desta regra será penalizada com a suspensão da equipa da prova.

Telemóvel – É obrigatória a utilização de telemóvel activo durante toda a etapa. Este deverá ter o número fornecido à inscrição, para contacto em caso de emergência. Deverá ser garantido pelo participante que a bateria dura durante toda a extensão da etapa. O número não deverá estar oculto. Se for detectada alguma irregularidade será aplicada a penalização respectiva.

FRONTAIS
É obrigatória a colocação bem visível da placa de número de prova na frente do concorrente e no sentido em que este se desloca no terreno. Um concorrente que se apresente num Controle de Passagem sem esta placa a equipa poderá ser automaticamente desclassificada.
Quaisquer alterações no tamanho das placas com o número de prova terão de ser previamente autorizadas pela Organização. Estas placas comportarão ainda publicidade aos patrocinadores principais da prova e em caso algum este espaço pode ser utilizado para outros fins. A não conformidade com esta regra poderá incorrer em penalizações.
A utilização de grafismos ou outras formas de expressão visual consideradas obscenas em qualquer parte da apresentação física dos concorrentes e/ou os seus equipamentos, será punida com a suspensão da prova.

A identificação do atleta é feita através de uma pulseira.
É obrigatória a utilização da pulseira durante todo o evento. Esta permite-lhe o acesso a todos os acessos reservados aos participantes da prova. A não utilização da pulseira pode levar à interdição de acesso aos locais e serviços reservados ao evento.
A boa condição da pulseira recai sobre o utilizador, que em caso de visível deterioração deve comunicar à organização afim de ser substituída.

Os elementos do staff estarão devidamente identificados com roupa e/ou cartões de identificação.

4 – Categorias

Após 4 ediçoes em que a Organização adotou um sistema de bonificações, em 2017 existirão categorias definidas pela idade (do elemento mais novo da equipa) e sexo dos participantes e será dada uma partida única para todos os atletas.

GENERO / IDADE                      CATEGORIA

M / 19 a 39                                  Open Men

M / 40 a 49                                 Master Men

M / 50+                                       Gran Master Men

F / 19 a 39                                   Open Women

F / 40+                                         Master Women

M + F                                            Mixed

Para efeitos de atribuição de categoria é considerada a idade a 31/12/2017.

5 – PERCURSO
O percurso do ALGARVE BIKE CHALLENGE 2017 Open Race  tem o seu início na mítica e histórica cidade de Tavira percorrendo para além da costa, o barrocal e a serra algarvia, regressando posteriormente ao Litoral terminando de novo na cidade de Tavira e é composto em cerca de 95 % da sua extensão por caminhos, trilhos, veredas e estradas florestais não asfaltadas.
O percurso da prova utiliza vias públicas quer seja em estrada ou fora de estrada, atravessa povoações. O mesmo não estará fechado para a prova logo os concorrentes devem ter em consideração o facto de poder haver viaturas, pessoas e animais a circular num e noutro sentido no percurso da prova.
O percurso da prova atravessa algumas estradas e em determinados locais não haverá qualquer elemento do staff pelo que pede-se o maior cuidado aos participantes.
Os cruzamentos estarão identificados no terreno pela Organização com um sinal de STOP colocado antes do cruzamento. Nos cruzamentos considerados muito perigosos existirá sempre elementos do Staff a controlar a passagem das equipas.
É obrigatório cumprir o percurso da prova estando previstas punições para os casos em que foram detectadas incorrecções no cumprimento do percurso oficial da prova. O percurso será sinalizado com fitas, setas sinalizadoras e marcas no terrenos que identificam o trajeto a seguir. Considera-se o percurso da prova uma faixa imaginária com 100 metros de largura com o caminho ou trilho a percorrer como linha central. Cada falta será penalizada à ordem de 30 minutos por cada quilómetro de percurso falhado. Para o cálculo destas penalizações qualquer fracção de quilómetro será considerada como um quilómetro na totalidade. Qualquer equipa pode abandonar o percurso da prova sempre que quiser não sofrendo qualquer penalização sempre que reentre no mesmo ponto que o abandonou.
 

6 – PARTIDA
A partida do Prólogo será de minuto em minuto em que 2 equipas partem em simultãneo. A ordem de partida será definida em função da classificação nas edições anteriores e por categoria.

A partida das seguintes etapas será em função da classificação geral e haverão boxes de partida (50 equipas por box).

A primeira box será reservada às 5 primeiras duplas classificadas no respetivo escalão.

O Prólogo terá inicio às 18h30 do dia 03 de Março. 2 equipas partem em simultâneo de minuto em minuto.

Uma equipa que não alinhe no Prólogo será classificada com o tempo da última equipa classificada mais uma penalização de 20 minutos e poderá alinhar na etapa seguinte sendo contabilizada para a classificação.
Nas etapas controlo de partida fechará 20 minutos depois da hora oficial de partida. As equipas não serão penalizadas se partirem depois da hora de partida mas terão de partir sempre até ao fecho do controlo de partida.
Uma equipa que se apresente para partir com o Controlo já fechado não terá a sua prova na etapa valorizada pelo que não será considerada essa etapa para a equipa.
A Hora oficial da prova é a hora GPS para o fuso horário da Europa Ocidental (Londres, Lisboa).

7 – CONTROLOS DE PASSAGEM (CP)
A Organização montará ao longo do percurso Controlos de Passagem que não irão estar identificados e que servirão para controlar a passagem das equipas. A falta de passagem num CP implica a penalização ou desclassificação da equipa. Estes CPs poderão ou não ser controlados por elementos da Organização. Alguns Controles de Passagem terão uma hora de fecho.
Todas as equipas que cheguem a um controle de passagem (CP) depois da sua hora de fecho são obrigadas a abandonar a etapa e serão transportadas para o final pela Organização ou receberão indicações de como chegar ao final da etapa de forma segura.
A hora de fecho dos CPs será informada a todas as equipas na semana do evento através do race book.
Salvo indicação da Organização, os concorrentes não são obrigados a parar nos CPs.

Ajudas Externas

Auxílio externo à organização, é apenas possível nos locais coincidentes com as zonas de abastecimento asseguradas pela organização, documentados no guia de prova.
Estas ajudas podem ser mecânicas, logisticas ou alimentares, apenas com a função de providenciar um apoio extra ao participante.
Fora destas zonas não é permitida qualquer ajuda ao participante, sob pena de penalização ou desclassificação. Não é possível a troca de bicicleta no decurso de uma etapa.

Zonas de abastecimento

No decorrer dos percursos existirão zonas de abastecimento (Feed Zone’s) onde serão disponibilizados alimentos sólidos e líquidos.
Aqui os participantes poderão descansar, alimentarem-se, hidratarem-se e reparar algum problema mecânico.
A organização não assegura o transporte de abastecimentos próprios dos atletas para estes locais.

8 – CHEGADAS
O local de cada chegada estará identificado no terreno e nos mapas que serão fornecidos às equipas. O controlo de tempo será feito ao centésimo de segundo.
Uma equipa termina a etapa e o registo de tempo é feito, quando o 2º elemento cruza a linha de chegada que será identificada fisicamente com uma linha no solo e uma estrutura com a palavra META. O tempo é retirado tendo por base a roda dianteira do 2º elemento da equipa a cruzar a linha de meta.
A hora de fecho do Controlo de Chegada será informado posteriormente no race book.
Se uma equipa não for classificada numa qualquer etapa será identificada como DNF (Did Not Finished)

Organização montará uma estrutura de apoio de recuperação e rehidratação que incluirá o fornecimento de bebidas, bolos secos, saladas frias, frutas frescas e snacks. Este serviço está incluído no preço da inscrição.

9 – DESISTÊNCIAS DA PROVA
Se por qualquer razão uma equipa decidir desistir da Prova, terá de imediato de informar a Organização. Isto poderá ser feito em qualquer posto de controlo ou também pelo telefone directamente para o Director ou o Coordenador da Prova.
Um cartão com todos os números de telefone importantes será entregue às equipas antes do inicio da Prova e este deverá estar sempre na posse dos concorrentes durante a prova.
Qualquer desistência não comunicada à Organização poderá desencadear uma operação de busca e resgate que obviamente incorrerá em despesas para a Organização. Estes custos, se os houver, serão debitados à equipa que negligenciou em informar a sua desistência.

Uma equipa que desista numa das etapas poderá alinhar na etapa seguinte porém não terá classificação e terá que partir após todas as equipas com classificação.

10 – SUPORTE TÉCNICO
No final de cada dia de prova a Organização providenciará a assistência técnica às bicicletas dos concorrentes que contratarem esses serviços no local. Todas as peças ou acessórios que venham a ser utilizados na reparação serão cobrados aos respectivos atletas incluído a taxa de IVA legal em vigor..

11 – ALOJAMENTO

A Inscrição no Algarve Bike Challenge poderá ser efectuada com ou sem alojamento incluído. O pacote de inscrição com alojamento incluído o mesmo será no Hotel**** Vila Galé Albacora,Vila Galé Tavira**** ou Cabanas Park Resort****. 

O alojamento será em quarto duplo partilhado pela equipa inscrita e inclui pequeno-almoço buffet e jantar no dia 04/03 no restaurante do respetivo Hotel.

12 – ABANDONO COMPULSIVO
O Director de Prova baseado no seu próprio julgamento tem poderes para desclassificar ou não permitir a permanência em prova a equipas que a dado momento um ou ambos os atletas da respectiva equipa apresentem qualquer um dos seguintes casos:
– Problemas de saúde física ou mental.
– Abuso ou violação premeditada do presente Regulamento de Prova.
– Conduta antidesportiva
– Ingestão exagerada de bebidas alcoólicas.
– A participar na prova sob a influência de drogas alucinogénas.
– Abusivo desrespeito pelas leis vigentes, religiões ou costumes
– Abusivo desrespeito pelo meio ambiente (inclui lixo propositadamente
deitado ao chão)
– Abusivo desrespeito pelas regras de trânsito.

13 – CLASSIFICAÇÕES
O Algarve Bike Challenge 2017 Open Race será ganho pela equipa que somar o menor tempo no final do prólogo e das 2 etapas.
Haverá uma classificação geral e classificação por categoria.

Serão distribuídas jerseys de líder por categoria.
Serão publicadas diariamente duas classificações, uma referente à classificação na etapa do dia e outra referente à classificação geral até esse momento. A cronometragem estará a cargo da Cronosport.pt

14 – PRÉMIOS

Haverá prémios monetários para as 3 primeiras equipas classificadas na classificação geral:
1º – 500 Euros
2º – 350 Euros
3º – 250 Euros

Todas as equipas inscritas no ABC Premium Package receberão:
– Race book

– Alojamento no Hotel Vila Galé Albacora,  Vila Galé Tavira ou Cabanas Park Resort  nos dias 03 a 05 de Março 2017

– Pequeno-almoço buffet nos dias 04 e 05 de Março 2017

– 2 a 3 Abastecimentos líquidos e sólidos nas etapas​

– Bebidas de recuperação no final das etapas

– Lavagem de bicicletas

– Jantar buffet no Hotel no dia 04/03

– Jersey oficial “ALGARVE BIKE CHALLENGE”

_ Saco desportivo exclusivo.

– Seguro de responsabilidade civil e de acidentes pessoais

Tabela de Penalizações ABC2017 Open Race

Uma equipa que não alinhe no prólogo será classificada com o tempo da última equipa classificada no prólogo + 20min e poderá alinhar na etapa seguinte e contar para a classificação geral e das etapas seguintes.

Uma equipa em que um dos atletas não termine uma etapa, o colega poderá continuar em prova no entanto irá partir na última box e atrás de todos os participantes classificados e em prova.

Causa/Motivo                                                           Penalização                     Reincidência                                          Notas

Não utilização de capacete                                    2 horas                             Desclassificação
Ocultação ou perda de placa frontal                     1 hora
Extravio de pulseira de identificação                     2 horas                             Desclassificação
Falha de passagem em CP                                     Desclassificação
Desrespeitar fechos em CP,                                    Desclassificação 
Desrespeitar outros participantes                          1 hora                                Desclassificação
Desrespeitar regras de trânsito                              2 horas                             Desclassificação
Não acatar ordens de forças de segurança, equipas de emergência ou organização     Desclassificação com impedimento de continuar em prova
Depositar lixo fora das áreas destinadas              1 hora                                Desclassificação  
Não assistir um participante acidentado               Desclassificação             Com impedimento de continuar em prova. Apenas considerados acidentes, problemas mecânicos ou logísticos não exigem assistência.
Assistência externa fora das zonas destinadas    1 hora                     Desclassificação

 

Alteração dos percursos ou cancelamento da prova

Como consequência de condições climatéricas adversas, e indo ao encontro do princípio de salvaguarda da segurança dos participantes, a organização pode aplicar alterações substanciais à estrutura e dimensão dos percursos.
Estas alterações passam por mudanças de percurso, desvios por estrada ou reajuste dos horários de passagem, os quais os participantes são obrigados a cumprir sobre pena de desclassificação.

Em casos extremos a organização poderá ver-se obrigada a adiar a prova para outra data ou mesmo a cancelar (apenas em casos muito extremos). Um eventual adiamento poderá ser decidido até 72h antes do suposto início da prova, sendo de imediato comunicado no site oficial do evento.
Um eventual cancelamento ou adiamento da prova não dará direito a nenhuma compensação/reembolso por parte da organização.

 

Direitos de imagem

A Associação Clube BCF, reserva o direito de utilizar as imagens captadas, bem como outros dados: classificações, tempos ou entrevistas, no decurso do Algarve Bike Challenge para efeitos de promoção dos seus produtos e eventos, salvo indicação expressa em contrário. Quem pretender revogar o uso da sua imagem, deve enviar este pedido por escrito para o email algarvebikechallenge@gmail.com

15 – OUTROS
Casos omissos

Os casos omissos e situações não descritas neste regulamento serão analisados pela organização que será soberana nas suas decisões.
Os participantes poderão ser chamados a prestar esclarecimentos sobre situações decorrentes de reclamações.
Duvidas sobre a interpretação do presente regulamento devem ser esclarecidas junto da organização.
A organização não terá qualquer tipo de responsabilidade sobre acidentes causados ou sofridos pelos participantes no decorrer da prova, e suas eventuais consequências, excepto as situações previstas nas condições das apólices de seguro de acidentes pessoais.
A organização reserva-se no direito de alterar o presente regulamento, sem aviso prévio, se forem detectadas situações omissas importantes para o correcto funcionamento da prova. Estas alterações serão comunicadas no site da prova.